Receita na mesa

Receita de coxinha de frango

A receita de coxinha de frango é de São Paulo, mas também faz muito sucesso em Portugal

Por Receita na mesa

  • min 45
  • Porções 80
  • Nível Fácil

A receita de coxinha de frango nasceu em São Paulo. Feita com massa de batata, a coxinha é tradicionalmente, recheada com carne de frango cozida e desfiada, podendo ter a opção de também ser recheada com requeijão cremoso, tal qual o catupiry, junto ao frango.

Ingredientes
  • 500 ml de caldo do cozimento do frango
  • 1/2 litro de leite
  • 2 tabletes de caldo de galinha
  • 100g de margarina sem sal
  • 400g de batatas cozidas e amassadas
  • 600g de farinha de trigo
  • 1 colher de sobremesa de sal
  • 1 peito de frango médio
  • 1 cebola picada
  • 1 colher (sopa) de margarina
  • 1 xícara do caldo do cozimento do frango
  • 1/2 maço de cheiro-verde
  • 3 xícaras de água
  • 1 folha de louro
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 litro de água gelada
  • 500g de farinha de rosca
  • 1 litro de óleo para fritar


Modo de Preparo

  • Cozinhar o peito do frango com as 3 xícaras de água, o louro, 1 tablete de caldo de galinha e a cebola picada
  • Retirar o frango cozido e desfiar (reserve o caldo do cozimento)
  • Acrescente ao frango desfiado o cheiro verde,1 colher de sopa margarina e as 2 colheres de farinha de trigo, 1 xícara do caldo do cozimento, misture tudo e reserve
  • Em uma panela coloque o leite, os 500 ml de caldo do cozimento do frango, caso não dê complete com água, a margarina, o sal
  • Deixe ferver
  • Acrescente as batatas já cozidas e espremidas, em seguida a farinha de trigo até soltar do fundo da panela
  • Coloque a massa em cima de uma bancada para esfriar, sove um pouco e modele as coxinhas
  • Passe na água gelada e na farinha de rosca, frite em óleo quente





A receita de coxinha de frango que conhecemos hoje, nasceu em São Paulo, século 19. Os historiadores dizem que foi uma maneira do paulistano substituir a coxinha do frango, que na época estava muito cara. De São Paulo, a receita rapidamente se espalhou pelo restante do estado e logo do Brasil, já sendo popular no Rio de Janeiro e no Paraná na década de 1950.