Receita na mesa

Confira como preparar um delicioso suflê de queijo

Siga a receita e aproveite para prová-la no lanche da tarde

Por Receita na mesa |


  • min 60
  • Porções 10
  • Nível Médio

Essa receita é prática e rápida, além de ser leve, própria para qualquer momento do dia. Além disso, é ótima para os vegetarianos e para os fãs de muito queijo!

Ingredientes
  • 125 g de queijo tipo gruyère, ralado
  • Noz-moscada a gosto e ralada
  • 50 g de manteiga
  • 50 g de farinha de trigo
  • 1⁄2 litro de leite
  • 6 gemas
  • 6 claras
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • Manteiga, para untar
  • Farinha de trigo, para polvilhar




Modo de Preparo

  • MOLHO BECHAMEL
  • Em uma panela, coloque a manteiga, leve ao fogo e deixe derreter.
  • Em seguida, coloque a farinha de trigo e deixe cozinhar por alguns segundos, mexendo sempre, tomando cuidado para não escurecer a farinha.
  • Coloque então, aos poucos, o leite e vá mexendo, até que fi que tudo bem homo- gêneo. Retire do fogo e reserve.
  • SUFLÊ
  • Junte as gemas ao molho bechamel, mexendo bem.
  • Em seguida, junte o queijo tipo parmesão e reserve.
  • Em uma tigela, bata as claras em ponto de em neve.
  • Em seguida, despeje na panela com o molho, tempere com o sal, a pimenta do reino e a noz-moscada, mexendo delicadamente.Reserve.
  • Em um refratário fundo (untado com manteiga e polvilhado com farinha de trigo), despeje o suflê e leve ao forno moderado, pré-aquecido, por cerca de 45 minutos.
  • Sirva me seguida.

Curiosidades 

O suflê é um prato que provavelmente surgiu na França. Espécie de torta, mas com uma consistência mais leve, é ótimo para os vegetarianos e para ser consumido no lanche da tarde. No verão, as opções de suflês gelados e doces são ótimas também.

+Torta de escarola: a receita perfeita para melhorar o seu sistema imunológico

Os clássicos são aqueles feitos à base de queijos, cogumelos, carnes e legumes. É uma iguaria que, apesar de sofisticada, é de fácil preparo. Apesar disso, a receita pode exigir paciência e cuidados na hora de assar, já que o suflê pode não crescer, tornando-se pesado, o que é ruim. Já que o que caracteriza um bom suflê é a sua leveza.