Receita na mesa

Veja como fazer um delicioso canapé de salmão

A entrada é perfeita para uma refeição mais requintada

Por Receita na mesa


Na mesa com Fabrizio Fasano Jr.
  • min 30
  • Porções 4
  • Nível Difícil

Aprenda a fazer um canapé de gravlax, um tipo de salmão, com ovo de codorna poché e flor de sal para elevar o nível dos seus jantares.

Ingredientes
  • 200 g de filé de salmão com pele
  • 10 g de endro picado
  • 50 g de sal grosso
  • 15 g de açúcar mascavo
  • 10 g de pimenta-do-reino grosseiramente moída
  • 20 g de mostarda Dijon
  • 15 ml de vinagre de vinho branco
  • 10 ml de óleo vegetal
  • 4 fatias de pão de miga
  • Azeite de oliva a gosto
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • 4 ovos de codorna
  • Vinagre de vinho branco
  • Flor de sal
  • Folhas de endro


Modo de Preparo

  • Em uma vasilha, junte o sal grosso, a pimenta-do-reino grosseiramente moída, o açúcar mascavo, o vinagre, o óleo, a mostarda e metade do endro e misture tudo.
  • Use a outra metade do endro para cobrir a carne do salmão oposta à pele e pressione.
  • Cubra o salmão com a pasta feita na vasilha e embale ele com papel plástico, fazendo pequenos furos com uma faca.
  • Leve à geladeira por 48 horas.
  • Use um aro de aço para cortar círculos das fatias de pão.
  • Coloque-os em uma assadeira e tempere com sal, pimenta-do-reino e azeite.
  • Leve ao forno pré-aquecido a 180º C por volta de 8 minutos.
  • Em uma panela com água quente, coloque o vinagre.
  • Ao lado, quebre o ovo de codorna e reserva.
  • Faça um redemoinho na panela com água e coloque o ovo dentro.
  • Retire o ovo da água quando ele estiver durinho e reserve. Repita o processo mais três vezes.
  • Abra o pacote feito com o salmão e corte em tiras.
  • Em cada círculo de pão, coloque as tiras do salmão gravlax e um ovo de codorna poché, tempere com flor de sal e uma folha de endro e sirva.

O canapé de gravlax com ovo de codorna poché é uma entrada um pouco mais complicadinha de se fazer, mas que assim que você pegar o jeito vira a coisa mais fácil do mundo. Saborosa, macia e crocante, ela é perfeita para deixar as suas refeições mais requintadas - e fazer um charme para os seus amigos e familiares.

Dourado assado: veja o passo a passo de como preparar este peixe

O segredo é descomplicar e usar elementos frescos para a receita, do salmão à pimenta moída na hora - mas não precisa moer perfeitamente, você pode cortar os grãos com uma faca e facilitar a sua vida!

Na hora de preparar o ovo de codorna , cuidado que ele é bem mais frágil que um ovo comum. Por isso é importante comprar alguns extras, caso os primeiros deem errado. Para fazer o poché, colocar um pouco mais de vinagre ajuda bastante, além de fazer o redemoinho da maneira correta, como se pode observar no vídeo.

O endro utilizado na receita pela chef Gilda Bley é a mesma coisa que a erva-doce, só o nome que muda dependendo da região do Brasil que você estiver - logo todos os ingredientes dessa receita são super fáceis de achar!

Aprenda a preparar o linguado perfeita

Mas atenção, o salmão precisa ficar marinando por dois dias inteiros na geladeira, então se programe bem antes de preparar esse prato!

Gravlax

O gravad lax ou gravlax , que em sueco significa salmão enterrado, ou graved laks em dinamarquês, ou gravlaks em norueguês, ou graavilohi em finlandês, ou mesmo graflax em islandês, é uma especialidade culinária escandinava.

Hoje a receita é muito difundidade em diversos países, mas as origens são bem antigas, lá da Idade Média. Na época, a única maneira de se concervar qualquer tipo de carne era usando o sal ao invés do gelo. Então, os pescadores da península escandinava salgavam o salmão e enterravam ele na praia, acima da linha da maré alta, e deixavam ele lá por dias fermentando.

Saiba como preparar um delicioso salmão recheado

Hoje a receita ganhou um pouco mais de requinte, adicionando-se o açúcar e o endro. O peixe ainda é servido em fatias bem finas, semelhante a um sashimi japonês, e é muito comum em entradas mais elegantes, como o canapé de gravlax com ovo de codorna poché.