Receita na mesa

Veja como fazer um bolinho de arroz super sequinho

Receita é prática e feita inteiramente no liquidificador

Por Receita na mesa


  • min 15
  • Porções 25 bolinhos pequenos
  • Nível Médio

O bolinho de arroz é um dos petiscos de mais sucesso no país, e ter a oportunidade de comer uma generosa porção deles em casa, saída diretamente da panela e bem sequinha, é um privilégio para poucos. Que tal fazer parte desse seleto grupo de pessoas?

Ingredientes
  • 2 ovos
  • ½ xícara (chá) de leite
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó
  • 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • 3 xícaras (chá) de arroz cozido
  • ½ xícara (chá) de cebolinha picada
  • ½ xícara (chá) de salsinha picada
  • 1 colher (chá) de sal
  • Óleo suficiente para fritar


Modo de Preparo

  • Misture no copo do liquidificador o queijo parmesão, os ovos, o leite, o sal e o fermento.
  • Bata e junte a farinha aos poucos, enquanto o aparelho está em funcionamento, para incorporá-la à medida que vai sendo despejada.
  • Depois que a farinha acabar, vá adicionando aos poucos também o arroz.
  • Despeje esse preparado num recipiente e misture a cebolinha e a salsinha.
  • Mexa bem para se distribuírem por igual na massa e modele os bolinhos.
  • Coloque o óleo numa frigideira numa quantidade que cubra os bolinhos e vá fritando-os de cinco em cinco para não grudarem uns nos outros na frigideira.
  • Ao retirá-los, deixe escorrerem o excesso de óleo em papel absorvente sobre um prato.

A receita é prática e de preparo muito rápido, a única dificuldade é fritar o bolinho de arroz no ponto certo: douradinho e crocante.

Um bom truque é, após a fritura, colocar os bolinhos em cima de um papel absorvente. Enquanto eles esfriam, as folhas irão absorver o excesso de óleo.

Leia mais: 12 comidas que você  nunca pensou em fritar mas que ficam muito mais gostosas

Mas lembre-se de retira-los da panela assim que ficarem bem dourados, caso contrário você pode acabar queimando eles.

Versatilidade

O prato é extremamente versátil. Sua única condição é ser servido quente, mas de resto ele entra em várias situações - e com um bônus de ser uma receita simples e leve, útil para dias quentes e que alimenta sem empanturrar.

Ele pode ser consumido como entrada ou acompanhamento do almoço, como petisco para um jantar ou em uma rodada no bar e além de tudo é uma boa opção para os vegetarianos de plantão.

Pelo rápido preparo, a receita de liquidificador   de bolinho de arroz se torna uma opção interessante para se fazer quando você receber amigos em casa, pois ela também rende bastante - se você quiser fazer mais bolinhos, basta aumentar os ingredientes proporcionalmente.