Receita na mesa

Da massa ao molho, aprenda a fazer nhoque de mandioca em casa

Apesar do trabalho de fazer cada bolinha na mão, o resultado vale muito a pena

Por Receita na mesa


  • min 45
  • Porções 6
  • Nível Difícil

Todo mundo tem um nhoque favorito, seja ele feito pela sua avó, pelo seu tio ou pelo pai de um amigo. Mas e se o responsável por preparar a melhor versão do prato italiano fosse você mesmo? Confira essa receita de nhoque de mandioca e aprenda o passo a passo para fazer a massa perfeita.

Ingredientes
  • MASSA
  • ½ xícara (chá) de queijo meia cura ralado
  • 2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • 1 kg de mandiocas, cozidas, descascadas e sem o filamento central
  • 1 ovo
  • Sal a gosto
  • MOLHO
  • 6 tomates médios, sem pele e sem sementes
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • ½ maço de manjericão
  • 1 cebola média picada
  • Sal a gosto


Modo de Preparo

  • MASSA
  • Esprema as mandiocas em um espremedor e coloque em uma tigela grande.
  • Em seguida, junte o leite, o ovo, a farinha de trigo, o queijo e o sal.
  • Misture bem, até obter uma massa homogênea e um pouco mole.
  • Transfira a massa para um saco de confeiteiro, com bico pitanga grande de 1 cm de diâmetro, e molde nhoques com cerca de 3 cm sobre uma panela com água fervente e o óleo.
  • Cozinhe-os, pouco a pouco, retirando os nhoques à medida que subirem à superfície.
  • Disponha os nhoques cozidos em uma assadeira refratária e reserve em local aquecido.
  • MOLHO
  • Pique os tomates em cubos médios e reserve.
  • Lave o manjericão, seque-o, separe somente as folhas e rasgue-as com as mãos e reserve.
  • Levar ao fogo uma panela grande com o óleo e a cebola.
  • Refogue, mexendo de vez em quando, até a cebola murchar.
  • Junte então, os tomates, o manjericão, o sal e ½ xícara (chá) de água.
  • Cozinhe, mexendo de vez em quando, por 10 minutos, ou até obter um molho encorpado.
  • Acertar o sal e retire do fogo.
  • MONTAGEM
  • Despeje o molho, ainda quente, sobre os nhoques e sirva em seguida.
  • Se preferir, leve ao forno para aquecer um pouco mais antes de servir.

Além do nhoque de mandioca , você pode fazer a versão tradicional com batata ou mesmo com batata doce. Se quiser dar uma diferenciada no seu prato, você pode pegar cada um dos bolinhos de massa assados e fritá-los na frigideira, deixando cada um dos lados bem tostadinhos.

Leia mais:  Risoto de linguiça toscana, feijão branco e vinho tinto

História do nhoque

O tradicional prato italiano surgiu entre guerras e pobreza, na necessidade de se transformar o pouco em muito. Os primeiros registros da receita de nhoque , apesar de não serem muito precisos, datam de antes do século 17.

Originalmente, a massa era preparada com um pão velho que era ralado ou moído, misturado com um pouquinho de farinha e água quente e então modelada em pequenos cilindros para ser cozinhada em água ou caldo de vegetais e ossos de galinha.

via GIPHY

A batata só entrou na história no século 18, com a chegada do ingrediente na Europa. A receita era bastante saborosa e começou a fazer bastante sucesso, e então os ricos e poderosos começaram a preparar o prato também.

Com isso, o prato foi ganhando novas versões e cada uma mais elaborada e sofisticada que a outra. Hoje, cada região da Itália possui seu próprio modo de preparo: com ovos, com farinha de castanhas e até mesmo doces .

Já aqui no Brasil, a receita clássica é a feita com batata, que pede só um pouco de farinha de trigo - quanto mais farinha você colocar na massa, mais dura e pesadas as bolinhas serão. Por aqui surgiram também novas versões, como o nhoque de mandioca.