Receita na mesa

Charuto de folha de uva: aprenda a fazer

O charuto de folha de uva é uma clássica receita ábare

Por Receita na mesa

  • min 120
  • Porções 2
  • Nível Fácil

Em árabe, a palavra yabrak significa folha. Este nome também é usado para se referir ao charuto de folha de uva, que é recheado com arroz e carne. Esta receita é consumida em todo o mediterrâneo, da Grécia ao Egito, passando pela Turquia e Síria. Em cada um destes países o prato tem um nome. Em árabe, geralmente são chamadas de maḥshī waraq ‘inab(folhas de uva recheadas). Cada lugar tempera os charutos de um jeito, em geral são pequenas variações que acabam dando origem a resultados bastante distintos.

Ingredientes
  • 500 g de folhas de uva pequenas
  • 2 xícaras (chá) de arroz cru lavado e escorrido
  • 1 kg de capa de filé moída
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho socados
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 colher (café) de pimentasíria
  • ¾ de xícara (chá) de hortelã fresca picada
  • Sal a gosto


Modo de Preparo

  • Retire os talos das folhas de uva e passe-as em água corrente. Após isso, leve uma panela com água ao fogo e, quando abrir fervura, adicione as folhas de uva, mantendoas na água fervente até murcharem. Reserve.
  • Misture todos os outros ingredientes num recipiente e mexa bastante para tudo ser distribuído uniformemente.
  • Coloque as folhas de uva abertas numa superfície, com o lado menos liso para cima.
  • No meio de cada uma delas, arrume um montinho de recheio que caiba numa colher de sobremesa.
  • Cubra o recheio com um lado da folha, depois dobre o outro lado por cima e enrole a folha como um charuto, sem apertar muito, pois o arroz estufa quando cozinha.
  • Coloque algumas folhas de uva no fundo de uma panela grande e vá distribuindo os charutos sobre elas, uma ao lado da outra, formando camadas.
  • A cada camada completada, regue com azeite.
  • Depois que todos os charutos estiverem acomodados, espalhe por cima de tudo cerca de 6 dentes de alho com casca.
  • Coloque água até cobrir tudo, salgue a gosto, coloque um prato de louça para segurar os charutos e evitar que boiem e cozinhe por cerca de 1 hora e 30 minutos.

Você sabia?

As folhas de uva possuem a maioria dos nutrientes da fruta e também colabora com a circulação sanguínea – ela ajuda a reduzir a dor, o inchaço e a fadiga provocados pelas varizes. 

O potencial terapêutico destas folhas veio à tona depois que cientistas investigaram o motivo dos vinicultores franceses raramente sofrerem de varizes, mesmo trabalhando horas em pé. O motivo: eles usavam chás e emplastros à base da planta. Mais um motivo para comer charuto de folha de uva, não é mesmo?

As folhas ainda contêm taninos, antociânicos e flavonóides que garantem efeitos adstringentes e hemostáticos (que detém hemorragias). Os fitoterapeutas recomendam o uso das folhas da uva rosada para tratamentos anti-inflamatórios, enquanto as folhas da uva vermelha podem ser usadas no tratamento de fragilidade capilar.